quarta-feira, 15 de maio de 2013

Uma gota de veneno

 


A vida é assim, a gente sempre minimiza os acontecimentos graves ou maximiza os acontecimentos ínfimos.
Não damos importância aquela fofoca que compromete a reputação alheia, não nos culpamos por contar aquela mentira cabeluda ou de estragar a vida de terceiros com falsos testemunhos do disse-me-disse.
 Na minha última pós-graduação apareceu um boato de que uma amiga casada estava de caso com o garoto da turma, tudo invenção dele, tudo besteira de um “moleque” querendo dizer aos 4 ventos que pegou a mulher mais bonita da classe, ninguém tem ideia do que essa mentira prejudicou a moça, sempre paira no ar aquela dúvida de “será que não mesmo?”, “Será que ela não deu confiança?”, “Será que não tiveram um affair?”. Eu sempre acreditei nela, na sua fidelidade, no seu amor, e me perguntava poxa vida, como alguém pode tentar destruir a vida de outra só para ficar por cima, só para se sentir o macho, o bom, o gostoso.
 A verdadeira liberdade que possamos experimentar é quando nos livramos do que nos faz mal. Eu me livro de gente fútil, eu me livro de gente mentirosa, eu me livro de gente falsa, eu me livro de gente invejosaq, eu me livro de mim mesma se necessário.
 Não desejo prejudicar ninguém, nem por pensamento, muito menos com palavras ou ações, mas muitas e muitas vezes magoo assim mesmo, umas vezes propositada para vencer uma luta verbal, outras não, umas vezes por falar no automático tudo que penso.  Pretendo ser boa e generosa, nem sempre consigo, às vezes nosso lado egoísta sobressai, às vezes estamos indispostas a sermos bons de coração, às vezes queremos para nós e não queremos para os outros ou desejamos aos outros aquilo que não desejaríamos a nós mesmos. Um contracenso horrível quando saímos da situação de igualitários e nos colocamos em degrau superior. Não somos perfeitos, perfeição é trabalhosa e não é eterna, perfeição exige imperfeições e recomeços, quedas e levantadas, tropeços e pés firmes no chão, mas se quero, tenho um grande poder em mãos, posso melhorar a cada dia e fazer a perfeição de hoje a imperfeição de amanhã.
 - Arcise Câmara

Nenhum comentário:

Postar um comentário